Pages

domingo, 24 de abril de 2011

No vaso

A flor que floresce e murcha
Em seu vaso
Diante de uma janela
Olhando paisagens que não conhecerá
Que desconhece a amplitude da terra
Quão triste será ela
Vivendo
Nesse estado conciso?


0 Deixe sua sabedoria:

Postar um comentário

Liberté, égalité, fraternité!!